Dicas em Saúde

Memória e Atenção

A falta dele prejudica os nossos processos cognitivos dificultando a nossa aprendizagem.

Por exemplo o salmão, as nozes, o cacau e os frutos secos.

Experimente consumir estes alimentos, e diga-nos como correu a sua experiência.

Tem telemóvel? Também o pode usar para relembrar este tipo de assuntos. Peça ajuda aos filhos ou aos netos, eles vão saber como fazer isso e poderão ajudá-lo.

Recurso:
The Memory Handbook

Por exemplo:

  • Deixe a pasta de dentes em cima do lavatório à noite para que não se esqueça de lavar os dentes na manhã seguinte;
  • Selecione previamente a roupa que vai utilizar no dia seguinte, estar atento às informações de meteorologia pode ajudar a decidir o que vai vestir.
  • Adquira uma caixa para colocar a medicação onde os comprimidos fiquem organizados de acordo com os dias da semana e com os diferentes momentos do dia (Manhã, tarde, noite ou pequeno-almoço, almoço, jantar).
  • Coloque um calendário à vista e risque os dias à medida que vão passando, isto vai ajudá-lo a saber a data de hoje.
  • Escreva numa folha de papel os contactos que mais utilize de deixe-os num sitio acessível (ex. ao lado do telefone; pendurado no frigorífico).

Para além dos benefícios resultantes do exercício físico que já ouviu falar diversas vezes (diminuir a pressão arterial, perder peso, prevenir doenças cardíacas, diabetes etc) outros estudos demonstraram que a prática de exercício promove a memória, operações do pensamento e capacidade de resolução de problemas. Muito estudos sugerem que as zonas do cérebro que estão relacionadas com o pensamento e com a memória são mais desenvolvidas e apresentam um volume maior nas pessoas que realizam exercício físico. Indiretamente, o exercício pode ainda melhorar o humor e o sono, reduzir stress e a ansiedade; transtornos nestas áreas podem contribuir para disfunções cognitivas.

Por isso nunca é tarde de mais para começar!

O sono também apresenta um papel importante na memória e na aprendizagem, ajudando a consolidar novas memórias e a melhorar o funcionamento cognitivo. Evite sestas de longa duração durante o dia; se sentir que é mesmo necessário não ultrapasse os 30 minutos. Quanto menos dormir durante o dia, melhor dorme à noite. Procure deitar-se e acordar à mesma hora: isto vai permitir-lhe estabelecer padrões de sono eficientes.