Medidas da Estratégia Local de Promoção da Saúde

Educação para a Saúde

No seu conjunto as medidas que integram o eixo da educação para a saúde visam abranger o público em geral, criando espaços físicos e online dedicados à promoção da saúde. Visam também e de forma complementar as crianças e jovens em idade escolar, reforçando ações e projetos de educação para a saúde em áreas identificadas como estruturantes:

  • Definir recomendações sobre a implementação de um currículo escolar na área da gestão de competências sócio emocionais que contemple modelos integrados (famílias, alunos, professores, funcionários);
  • Reforçar a oferta de ações de promoção da saúde com enfoque na alimentação saudável, atividade física, prevenção do consumo de tabaco, álcool e outras substâncias psicoativas;
  • Promover a literacia em saúde, abrangendo as terapêuticas não convencionais regulamentadas e reforçando o recurso a plataformas digitais;
  • Reforçar a informação e comunicação relativa a apoios e respostas concelhias na área da saúde;
  • Definir o conceito de Academia da Saúde (enquanto centro de recursos físico e online) e promover a implementação do mesmo por freguesia.

Equidade em Saúde

No seu conjunto de medidas que integram o eixo da Equidade em Saúde visam reforçar e diversificar a oferta de respostas sociais e de saúde concelhias ao nível da saúde oral, deficiência e saúde mental:

  • Promover respostas complementares ao Programa Nacional de Saúde Oral;
  • Promover uma rede de recursos qualificados de apoio aos cuidadores informais e formais de pessoas em situação de dependência;
  • Diversificar a oferta de respostas a pessoas com deficiência e doença mental complementares ao Centro de Atividades Ocupacionais e Fórum Sócio Ocupacional;
  • Promover em instituições públicas e privadas um sistema de partilha de transporte coletivo.

Contextos Favoráveis à Saúde

No seu conjunto as medidas que integram o eixo contextos favoráveis à saúde visam promover condições físicas, organizacionais e ambientais que facilitem a adoção de comportamentos e estilos de vida:

  • Definir recomendações sobre a alimentação saudável nas cantinas, bares e vending das escolas do concelho e outros espaços de acesso público;
  • Implementar um selo de compromisso de oferta de alimentação saudável em estabelecimentos concelhios, com renovação bianual;
  • Promover ações que favoreçam o bem-estar emocional no contexto dos estabelecimentos do ensino concelhios;
  • Alargar as ações de promoção da saúde a novos contextos organizacionais e territoriais;
  • Reforçar condições físicas e ambientais do território que promovam a adoção de comportamentos e estilos de vida mais saudáveis.

Cidadania em Saúde

No seu conjunto as medidas que integram o eixo da cidadania em saúde visam reforçar os espaços de participação dos munícipes em geral e das crianças e jovens em idade escolar na definição de ações, projetos e programas concelhios em torno da promoção da Saúde:

  • Promover espaços de participação dos munícipes nas estruturas locais de planeamento em promoção da saúde;
  • Promover a participação dos alunos na definição de projetos e medidas locais de promoção da saúde em contexto escolar.