O Programa Cascais Sem Diabetes resulta da celebração do protocolo entre o Município de Cascais, o ACES de Cascais e a Associação Protetora dos Diabéticos de Portugal (APDP). O objetivo deste protocolo é suster o crescimento de incidência da diabetes nos munícipes, com risco elevado de a desenvolver mas também garantir a melhoria de qualidade de vida dos munícipes que já sofrem de diabetes.

O programa estrutura-se em torno de 3 eixos prioritários: Avaliação de Risco, Literacia em Saúde e Formação.

Relativamente à avaliação de risco, o objetivo é realizar ações de avaliação de risco da diabetes, junto da população adulta com idades compreendidas entre os 20 e os 79 anos de idade, nas 4 freguesias do concelho de Cascais.

O intuito destas ações é sensibilizar os munícipes de Cascais para a importância do diagnóstico, assim como realizar o maior nº de ações de avaliações possíveis.

O que é?
Um questionário de avaliação de risco de diabetes tipo 2 que permite identificar a população em risco e com diabetes não diagnosticada.

A quem se dirige?
População adulta (a partir dos 20 anos de idade) do concelho de Cascais.

Como atuamos?
A aplicação do questionário de avaliação de risco, adotado pelo Programa Nacional para a Diabetes do Ministério da Saúde.
Os questionários serão feitos em ações de rua e através de uma plataforma digital.

Se reside em Cascais poderá realizar a sua avaliação de risco para a Diabetes tipo 2 nos seguintes locais:

  • Academias da Saúde
  • Juntas de Freguesia
  • Instalações das respostas sociais da Rede Solidária

Porquê fazer a avaliação de Risco da Diabetes?

Fazer a avaliação de risco da diabetes é um processo simples que envolve apenas um pequeno questionário sobre hábitos de vida e saúde em geral.

Saber se tem diabetes ou pré-diabetes não só ajuda as pessoas com diabetes a melhorar a sua qualidade de vida individualmente, adotando estilos de vida cada vez mais saudáveis, como também a criar uma comunidade mais atenta e informada sobre a doença em geral.

Sessões sobre a Diabetes

As pessoas identificadas com risco acrescido de diabetes (nível moderado, alto e muito alto) serão encaminhados para a consulta na unidade de saúde a que pertencem.

As respostas acontecem de acordo com o resultado:

  • Pessoas com diabetes

Serão referenciadas para consulta de diabetes nas Unidade de saúde do ACCES de Cascais e convidadas a participar nas sessões educativas “Espaço da Diabetes”

  • Pessoas com risco moderado, alto e muito alto

Serão convidadas a participar nas sessões educativas “Cascais mais Leve”.

 

1.Espaço da Diabetes

O que é?
Um programa educativo para melhorar o controlo da diabetes.

A quem se dirige?
Pessoas com diabetes tipo 2, seus familiares e cuidadores.

Como atuamos?
Uma equipa de profissionais de saúde da Associação Protectora dos Diabéticos de Portugal dinamizará, em cada freguesia de Cascais, 2 ações de 5 sessões em grupo e de interajuda.

Cada sessão aborda um tema diferente relacionado com o tratamento e o acompanhamento da diabetes, nomeadamente:

  • Aprender a viver com diabetes.
  • Mitos à mesa.
  • Exercício físico e a diabetes.
  • Afinal o que podemos comer?
  • Cuidados aos pés.

Quais os benefícios?

  • Promover a educação das pessoas com diabetes.
  • Melhorar a saúde e o controlo da diabetes nos participantes.
  • Partilhar experiências e esclarecer dúvidas relativamente à diabetes.

 

2. Cascais mais Leve

O que é?
Um programa educativo de prevenção da diabetes tipo 2.

A quem se dirige?
Pessoas avaliadas com risco acrescido de desenvolver diabetes tipo 2 (pré-diabetes).

Como atuamos?
7 sessões presenciais de educação em grupo e de interajuda, dinamizadas por uma equipa multidisciplinar da Associação Protectora dos Diabéticos de Portugal, com o seguinte programa:

  • 1.ª sessão – Estabelecer a motivação.
  • 2.ª sessão – Criar plano de ação de atividade física.
  • 3.ª sessão – Criar plano de ação de alimentação.
  • 4.ª, 5.ª e 6.ª sessões – Manter a motivação e prevenir retrocessos.
  • 7.ª sessão – Avaliação de progressos.

Quais os benefícios?

  • Melhorar o estilo de vida dos participantes, aumentando o seu bem-estar.
  • Diminuir o risco e evitar o aparecimento futuro da diabetes tipo 2.

1. Ativa Saúde

Formação para promoção de estilos de vida saudáveis

Público-alvo: Professores do 2º e 3º ciclo do Ensino Básico

2. Profissionais de Saúde 

Formação sobre tratamento do Pé Diabético e sobre Diabetes tipo 1 na criança, jovem e adultos;

Público-alvo: Enfermeiros e médicos incluindo a Equipa Saúde Escolar

3. Pé Cascais

Formação sobre os cuidados prestados à pessoas idosas prevenindo feridas e amputações;

Público-alvo: Cuidadores Formais

4. CPID

Formação sobre Vigilância e controlo na diabetes; Tratamento de hipoglicémia; Cuidados preventivos aos pés; Alimentação equilibrada.

Público-alvo: Cuidadores Formais ERPI e Cuidadores Informais (Cascais Cuida)

Saiba mais junto da Academia da Saúde através de academia.saude@cm-cascais.pt ou em 214 815 511